O conceito de computação em nuvem (Cloud Computing) pode ser compreendido como a oferta da computação como um serviço e não como um produto, em outras palavras refere-se à utilização da memória, da capacidade de armazenamento e cálculo de computadores e servidores compartilhados, interligados por meio da Internet. Para ter acesso aos serviços providos neste modelo computacional basta possuir um dispositivo compatível com os recursos disponíveis na Internet.

Praticamente quase tudo que acessamos via Web é através de computação em nuvem, exemplos clássicos como, Dropbox, Google Drive são alguns de tantos outros itens que compõem a lista de serviços que são oferecidos neste modelo de computação. Uma vantagem neste modelo é o melhor aproveitamento do investimento, pois a cobrança de uso do serviço pode ser realizado de acordo com a taxa de utilização do mesmo.

Caso o usuário necessite de mais espaço de armazenamento basta expandir o seu limite de dados na nuvem, não será necessário o usuário comprar dispositivos de armazenamento caso ele queria arquivar mais dados. Ou seja uma das características da computação em nuvem é a de possibilitar a aquisição de recursos sob demanda com uma maior comodidade e um alto nível de escalabilidade.

Uma outra vantagem é que estes recursos estão disponibilizados através da (linda e maravilhosa) Internet, podendo ser acessados de qualquer lugar em qualquer horário de forma extremamente fácil e rápida.

Referencial:
ALECRIM, Emerson. O que é cloud computing (computação nas nuvens)?. Disponível em: <https://www.infowester.com/cloudcomputing.php>. Acessado em: 15 jun. 2018.

FERNANDES, Carol. O que é cloud computing?. Disponível em: <http://www.techtudo.com.br/artigos/noticia/2012/03/o-que-e-cloud-computing.html>. Acessado em: 15 jun. 2018.

SALESFORCE. O que é Cloud Computing? Entenda a sua Definição e Importância. Disponível em: <https://www.salesforce.com/br/blog/2016/02/o-que-e-cloud-computing.html>. Acessado em: 15 jun. 2018.